Sexta-feira, 17 de Agosto de 2007

Solidão vs Solitude

 

Solitude

 

 

Zen Tarot Card

Quando está sozinho, não está realmente só, está simplesmente solitário, e há uma grande diferença entre a solidão e a solitude. Quando sente a solidão, fica a pensar no outro, sente a falta dele. A solidão é um estado de espírito negativo. Sente que seria melhor se o outro estivesse ali (o seu amigo, a sua esposa, a sua mãe, a pessoa amada...)  A solitude é a presença de si mesmo. A solitude é muito positiva, é uma presença, transbordante. Sente-se tão pleno de vida que pode preencher o universo inteiro com a sua presença, e não há nenhuma necessidade de ninguém.
Osho The Discipline of Transcendence, V. 1 Chapter 2
 
 
 
Quando não existe "alguém significativo" na nossa vida, podemos sentirmo-nos solitários, como podemos desfrutar da liberdade que a solidão nos traz. Quando não encontramos apoio nos outros para as nossas verdades sentidas profundamente, podemos sentirmo-nos isolados e amargurados, ou então celebrar o facto de que o nosso modo de ver as coisas é seguro bastante, até para sobreviver à poderosa necessidade humana de aprovação da família, dos amigos...
Se se encontra numa situação destas, neste momento, tome consciência de encarar o seu "estar só", e assuma a responsabilidade pela escolha que fez. A figura humilde desta carta brilha com uma luz que emana do seu interior. Uma das contribuições mais significativas de Buda para a vida espiritual da humanidade foi insistir junto a seus discípulos: "Seja uma luz de você mesmo". Afinal de contas, cada um de nós deve desenvolver em si a capacidade de abrir o seu próprio caminho através da escuridão, sem quaisquer companheiros, mapas ou guia.

Copyright © 2007 Osho International Foundation
publicado por aspalavrasnuncatedirei às 14:20
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Ohayo a 17 de Agosto de 2007 às 19:53
Vejo que experimentaste o link do Osho
Nunca fui muito de cartas nem tarots, mas estas fazem-nos reflectir...
Beijinhos.
De aspalavrasnuncatedirei a 18 de Agosto de 2007 às 21:23
Namasté Ohayo gozai-masu!
Eu sou muito curiosa e tenho muita curiosidade por tudo aquilo que me transcende.
Gostei muito da mensagem desta carta, achei-a, para além de muito bonita, muito verdadeira:
Beijinhos, fica bem.
De Marcolino a 18 de Agosto de 2007 às 22:09
A Solidão…

Da Morte invadiu meu corpo, logo após o primeiro golpe demoníaco, de um pedaço de metal vindo sei lá de onde que me queimava as entranhas, e colocava minha partida, deste mundo, num corrupio de vai e volta, mas nunca te desprendas, de mim.

Vozearia a torto e a esmo. Náuseas, umas atrás das outras. Vómitos secos. Diarreia descomunal. Urinas incontidas, e suor gelado, à mistura, com os rotores do heli, cada vez mais, e mais longe, de se escutarem.

Depois foi um silêncio. Uma paz sem nomes, seguida de um abrir de olhos, lento, mas seguro, fixados naquele alvo tecto, nunca dantes observado por mim.

Como é que te chamas, escutei muito longe, mas tinha ali bem perto de mim, dois pares de olhos, atentos as minhas reacções, à medida que sentia, meus lábios, abrirem-se e fecharem-se, emitindo certos sons, quase inaudíveis para mim, mas que provocaram alegria, de quem me escutava:

- Já o temos de novo entre nós (Escutei de novo lá muito mas mesmo muito longe).

Aos poucos ía arribando. Andava lentamente. Primeiros dois ou três passos. De cada dia, mais um ou mais dois. Até que me virei para mim mesmo, e me perguntei, porque razão havia eu sentido, tamanha solidão, naquela altura entre a minha nobre Vida, e a minha Morte Física.

De tamanha Solidão da Morte, ao bater-me à porta, apenas apreendi que de outras solidões, jamais sentira tão grande Força e Vontade de Viver, para regressar ao convívio, dos que me rodeiam.

E assim…

Da Solidão da Morte Física
É melhor que nunca se saiba
Do seu começo e do seu final
Mas se isso vier acontecer
Que exista sempre alguém
Que dela nos saiba arrancar

Namasté querida Amiga!

Marcolino
De aspalavrasnuncatedirei a 19 de Agosto de 2007 às 16:53
Namasté Marcolino!
Com a sensibilidade com que escreves posso conjecturar que esta história foi vivida por ti na primeira pessoa.
Beijinhos.
De Marcolino a 19 de Agosto de 2007 às 23:16
Namasté Sandrinha!

Sim..., foi mesmo assim...!

Namasté!
De aspalavrasnuncatedirei a 24 de Agosto de 2007 às 22:25
Namasté Marcolino!
Já calculava que sim.
Beijinhos.
De margmateus a 28 de Agosto de 2007 às 23:39
Mais do que nunca o Universo me convida a esta solitude. Eu tive a graça de a descobrir e perceber que mais do que alguém, eu me amo, e nunca me sinto só. Eu Sou o Universo.
De aspalavrasnuncatedirei a 29 de Agosto de 2007 às 10:29
Namasté margmateus!

A mais importante história de amor é aquela que vives contigo, a partir daí, qualquer pessoa que tenha a sorete de te amar, será sempre abençoada, porque estás em paz contigo e com os outros.
Fica bem.
De happyend a 28 de Setembro de 2007 às 18:49
Eu diria mesmo, que nenhuma pessoa é feliz com os outros, se não souber ser feliz quando está só com ela mesma.



Fica bem...
De aspalavrasnuncatedirei a 28 de Setembro de 2007 às 22:23
Namasté, happyend!
Obrigada pela visita e pelo comentário.
Beijinhos, bom fim de semana.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 241 seguidores

.pesquisar

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Luto

. Acreditar e Agir

. Quanto tempo esperarias p...

. Motivação para Pais e Fil...

. Um dia você aprende

. Nada na Vida é por Acaso

. Anjo da Guarda

. Aceitação

. Eu sou!

. Cativar

.arquivos

. Julho 2017

. Fevereiro 2016

. Outubro 2015

. Junho 2014

. Julho 2013

. Agosto 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Do outro lado do mundo, a...

. "Fala-me de um dia perfei...

. É abraçado a ti que todas...

. Parabéns, meu “Huckleberr...

blogs SAPO

.subscrever feeds